Primeiro estudo epidemiológico sobre doenças reumáticas chega ao fim

20/12/2013 - 12:58


Após dois anos no terreno, o primeiro Inquérito Nacional Sobre Doenças Reumáticas realizado em Portugal, o ReumaCensus, chega ao fim no próximo dia 20 de Dezembro. Depois de 10.661 portugueses recrutados e entrevistados cerca de 3.850 portugueses foram à consulta com o médico reumatologista. Destes, 80% manifestavam queixas reumáticas, avança a Sociedade Portuguesa de Reumatologia, em comunicado de imprensa.


O ReumaCensus iniciou a primeira fase do projecto – recrutamento e entrevistas – no dia 19 de Setembro de 2011 e a segunda fase – consulta com o reumatologista – no dia 30 de Setembro do mesmo ano. No dia 8 de Dezembro terminou a fase de recrutamento que, durante vinte e sete meses, com a ajuda da equipa de 194 entrevistadores do CESOP contactou 28.364 domicílios em 366 localidades, de Norte a Sul do país, incluindo os Arquipélagos da Madeira e dos Açores.

 

No dia 20 de Dezembro realiza-se a última das cerca de 3.850 consultas com o médico reumatologista, em Linda-a-Velha no Minho, a última região a receber o ReumaCensus, depois da Ilha da Madeira.

 

O estudo promovido pela Sociedade Portuguesa de Reumatologia, com o alto patrocínio da Presidência da República e com o apoio de diversas Instituições, nomeadamente da Direcção-Geral da Saúde, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade Católica Portuguesa, vai estimar a prevalência das diferentes doenças reumáticas em Portugal.

 

Uma equipa constituída por pelo menos um Médico especialista, uma Enfermeira, uma Técnica de Radiologia e um Motorista percorreram, na Unidade Móvel construída para o efeito, todo o território de Portugal Continental. Nas Ilhas a equipa deslocou-se sem Unidade Móvel, mas seguindo os mesmos procedimentos.

 

Nos próximos meses seguir-se-á a análise dos resultados que permitirá determinar quais são as doenças reumáticas mais prevalentes em Portugal (nas diversas regiões do país, por classe etária, profissional, etc.). Vai ser também possível identificar os factores socioeconómicos, sóciodemográficos e clínicos associados ao diagnóstico de cada patologia, determinar o impacto das doenças reumáticas na qualidade de vida, função e capacidade laboral e ainda investigar o acesso aos cuidados de saúde destes doentes.

 

Sobre o ReumaCensus:
O ReumaCensus ou EpiReuma.pt é o primeiro Inquérito Nacional Sobre Doenças Reumáticas é um estudo nacional sobre doenças reumáticas, cujo principal objectivo consiste na determinação do número de portugueses com doença(s) reumática(s). É um projecto que decorreu durante 3 anos e que envolveu 10.666 portugueses.

 


Fonte: Sociedade Portuguesa de Reumatologia
 

Partners
Developed by