Mylan compra unidade de medicamentos injectáveis Agila da Strides Arcolab

01/03/2013 - 08:23

A Mylan anunciou na quarta-feira que chegou a um acordo para adquirir a unidade de medicamentos injectáveis Agila da Strides Arcolab, por 1,6 mil milhões de dólares. A CEO da Mylan, Heather Bresch, indicou que a aquisição deve estar concluída no quarto trimestre deste ano, dependendo da aprovação regulamentar. A farmacêutica também referiu que poderá pagar à Strides um adicional de até 250 milhões de dólares para atender a condições não reveladas, avança o site FirstWord.

 

No início deste mês, fontes indicaram que a Mylan estava em discussões exclusivas sobre a compra de Agila por quase 2 mil milhões de dólares. Relatórios anteriores também tinham ligado a Fresenius, a Novartis ea  Pfizer com a unidade de medicamentos injectáveis, sugerindo que a última estava em negociações avançadas e que tinha começou as devidas diligências para a compra.

 

Bresch disse que "a adição da Agila à nossa plataforma de injectáveis existente [...] acelera a nossa meta de nos tornarmos um dos três principais players globais no mercado de injectáveis", acrescentando que a aquisição também irá permitir a entrada em mercados-chave em crescimento, como o Brasil. O presidente da Mylan, Rajiv Malik, disse que o acordo vai aumentar o portefólio de fármacos injectáveis da empresa, de 500 para 700 produtos, com outro 350 com aprovação pendente. A companhia disse que a aquisição deverá representar um acréscimo ao lucro imediatamente após a conclusão.

 

Em notícia separada, a Mylan anunciou que o seu lucro no quarto trimestre de 2012 subiu 25 por cento para 162 milhões de dólares.

Partners
Developed by